A compra do Apê

É gente, chegou a minha vez... mas não foi tão fácil assim.

Em 2010 tive a oportunidade de dar entrada em um apartamento na planta. Por diversas vezes passei na frente do plantão e algo me chamava para visitar.
Um dia entrei, visitei e adorei o espaço, condomínio e a localização.
Comecei a ver as condições e vi que não teria condições de dar entrada naquele empreendimento, naquele momento. Daí que veio o SUPER PAI e resolver pagar a entrada.
A promessa era que o apartamento seria entregue em março de 2012, porém não houveram outros prazos estabelecidos pela construtora. Mas, depois de muitos e muitos contatos, percebi que não era o prazo não seria cumprido e minha vida precisava evoluir, precisava seguir.
Quando fui atrás, descobri que a construtora NÃO IRIA MAIS CONSTRUIR o meu bloco (detalhe que ainda não avisaram os compradores), e descobri que haviam  algumas unidades prontas, no condomínio anterior para serem comercializadas e parti para o lado do consumidor e entrei com uma advogada para tentar a troca, sem valores adicionais...

A negociação começou praticamente em fevereiro deste ano e está até agora em andamento. Até porque, a construtora não foi muito flexível e não consegui praticamente nada com eles.
A parte interessante, que serve de atenção até para quem está na mesma situação é que neste momento, a construtora quer que eu assine o contrato de compra (aditamento), e quer que eu assuma as dividas de condomínio e IPTU sem ter as chaves do apartamento. Viu? Pra isso que tenho advogado. E aconselho. Antes de assinar qualquer contrato de compra de imóvel, leve para seu advogado ler e interpretar. Será melhor para você.

A próxima fase vai ser linda! Pegarei a minha chave e contarei para vocês! Mas ó, já tenho a planta *-*

Minha casinha *-*

Logo menos:

- As chaves
- Decoração
- Preparação do casamento
- Casamento (eeeeeee)

Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou? Comente!