Coração e Decoração

Vi esse post no blog do Evandro Santo, o Christian Pior do Pânico, para quem não sabe. O post vai muito de encontro ao que penso sobre casas e decorações, já que acabei de decorar minha casinha e tô vendo muita gente decorar as próprias casas às vésperas do casamento. O recadinho do Evandro é pra vocês:

Odeio essa gente que contrata decoradores para suas casas e seguem a moda da decoração imposta pelo momento.Acho que a casa da pessoa tem que ter a cara dela, o jeito dela, as manias dela.
Há muito tempo atrás, conheci um moço muito cafajeste que me levou na casa dele e lá era tudo muito limpo e bem decorado, mas não havia um porta-retrato, um disco, um cd, um pôster, nada que dissesse algo sobre quem morava ali. Obviamente, depois descobri que ele não prestava, mas ali ficou uma grande lição: cuidado com as pessoas com a casa decorada demais.
Sei de decoradores que compram metros de livros só para enfeitar a estante e fazer bonito para as visitas.Livros que os moradores nunca irão ler, que ficarão ali, de enfeite e capricho.E os moradores se passando por inteligentes e viajados.
Gosto de entrar em casas em que vejo uma revista jogada no banheiro, uma louça suja (não muita), portas-retratos mostrando viagens e amores de outrora, discos, CDs, miniaturas, coleções.Gosto de sentir pela casa o cheiro do café recém-coado, o cheiro do sabonete e do vapor d água saindo do banheiro, o chinelo tamanho 43 molhado no quarto, uma camiseta esquecida no canto da cama, restos de amor.Gosto da humanidade nos lares.Gosto de entrar na casa e sentir que o dono ou a dona estão nas paredes, nas cortinas, nos sofás.Assim como gosto das cicatrizes no corpo.Uma marca de tombo no joelho, uma cicatriz no rosto de uma briga no bar, um nariz torto, quebrado numa luta, uma unha preta no pé, porque caiu um martelo.Gosto de olhares felizes, mas com a pupila sofrida por decepções amorosas.Amo os discos riscados, marcas de café nas páginas dos meus livros, jaqueta de couro surrada pelo tempo e pela vida, foto de ex-amores escondidas em agendas de dez anos atrás.

Olhe bem pra sua casa e pense o quanto ela tem cara  de show-room de loja. Quanto sua casa diz sobre você? Aqui embaixo, uma foto do quadro que está no hall de entrada do nosso apê.

 

[caption id="attachment_1153" align="aligncenter" width="300" caption="Fofo, não?"][/caption]

Em breve, vou postar mais fotos da minha casa por aqui. Tudo feito com muito amor e carinho :)

 

Share this:

JOIN CONVERSATION

7 comentários:

  1. Ai que lindo esse azulejo, coisa mais fofa! E não poderia concordar mais com o Evandro Santo. Tem gente que deixa a casa com cara de show room. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Tão gostoso casa com cara de casa da gente né... adoro!!!! Igual seu señor pig. :)

    ResponderExcluir
  3. [...] tinha falado nesse post, vou postar umas fotos do meu cantinho. Relutei muito em fazer isso, porque nem sempre as pessoas [...]

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que azulejo mais lindo!! Onde você encontrou?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, encontrei o azulejo numa feirinha em Paraty/RJ, mas já vi em várias feiras de artesanato.

      Excluir
    2. Obrigada, Pri!

      Vou ver se encontro por aqui em Recife.
      Muitas coisas lindas no seu blog!

      Excluir

O que você achou? Comente!